Luca & Nina

Luca litigioso

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 12 comentários

Revoltado por ter que entrar no chuveiro depois de um dia de brincadeiras, Luca pergunta, irritado:

– Quem inventou o banho?

– Os primatas. – respondo sem pensar.

– Quero processar os primatas.

Luca massagista

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 17 comentários

De repente, do nada, sinto uma forte dor na base da coluna e não consigo conter um "Ai!".

– O que foi, papai? – se aproxima Luca, com expressão preocupada.

– Dor nas costas. Ai. Ai. 

– Tá doendo muito?

– Bastante.

– Quer que eu faça uma massagenzinha pra melhorar?

Achei bonitinho. Sim, claro que vou querer.  Deito na cama e o pequeno começa a apertar e a dar pequenas palmadinhas no ponto dolorido.

Trinta segundos depois, solta um suspiro e comenta:

– Detesto fazer massagem.

– Tá bom, meu filho, pode parar.

Ele se deita ao meu lado e começa a me fazer carinho no cabelo.

– Quer que eu fique aqui deitado com você, papai?

– Quero, meu amor.

– Tsc. – resmunga.

Dez segundos depois, sugere:

– Por que você não vai dar uma dormidinha pra melhorar? 

E deixa o quarto cantarolando.

Luca, o Império e a Cronologia das Piadas

postado em by Pablo Villaça em Cinema, Luca & Nina | 45 comentários

Hoje assisti com Luca aos dois primeiros capítulos da série Star Wars (ou seja: os episódios IV e V, Uma Nova Esperança e O Império Contra-Ataca). Logo no início do primeiro filme, quando Darth Vader estrangula um oficial do Império que fez pouco caso da Força, Luca deu uma pequena risada de reconhecimento:

– Ah, agora entendi a piada que eles fazem no Uma Noite no Museu 2 quando ele encontra o cara e tenta fazer isso.

Por "ele", suponho que seja o Ben Stiller ou o Hank Azaria e que o "cara" seja o Azaria ou o Stiller, já que não me lembro desta gag específica naquele fraco longa. O que achei interessante foi Luca ter percebido a referência somente depois de ter visto sua origem, em ordem inversa do que normalmente ocorre. Porém, durante o episódio V a coisa ficou mais interessante: passei o filme inteiro esperando a revelação sobre Darth Vader e, sem que Luca percebesse, preparei minha máquina fotográfica para registrar o exato momento em que ele descobrisse a verdade sobre a relação entre Luke e Vader.

Antes, no entanto, durante o duelo entre os dois personagens, já comecei a disparar a câmera sem que o pequeno notasse, já que sua expressão de tensão era irresistível. E foi então que Vader soltou a bomba…

… e Luca abriu um sorriso.

Fotografei a reação, mas não esperava por ela. Um sorriso? Por quê? Choque, sim. Surpresa, com certeza. Mas um sorriso? E foi então que o baixinho se virou para mim e disse:

– Igualzinho no Toy Story 2, quando o Zurg fala que é pai do Buzz. Aquilo era uma piada também, né, papai? E tem um episódio dos Padrinhos Mágicos que eles fazem um duelo parecido com esse também!

De todo modo, quando o filme acabou, Luca pediu que eu retornasse à cena em que Darth Vader confronta Luke e a acompanhou atento e fascinado. O impacto da revelação havia deixado sua marca sobre o pequeno.

Update: Minha intenção inicial era publicá-las, mas depois achei que isso seria
desrespeitoso para com o pequeno. No final, mostrei as fotos pra ele,
expliquei a importância que as pessoas que curtem Cinema conferem a
este momento do filme e disse que ele teria sempre um registro do exato
instante em que descobriu que Darth Vader era pai de Luke Skywalker.

Mas as fotos agora são dele. Não acho certo publicá-las.

Tiro pela culatra

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 8 comentários

Depois de fazer umas birrinhas bem aborrecidas hoje pela manhã, Nina entrou na cozinha animada e dançando. Ainda com as reclamações da pequena em mente, falei:

– E aí, purgantinho?

Ao que a baixinha, com a voz mais doce e carinhosa do mundo, imediatamente respondeu:

– E aí, papai?

Remorso profundo.

Luca e a igreja

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 19 comentários

Estávamos assistindo a Esqueceram de Mim quando o personagem de Joe Pesci, ao pensar que o garotinho vivido por Macaulay Culkin havia se escondido numa igreja, diz que "não entraria ali de jeito nenhum". Isso despertou a curiosidade de Luca:

– Por que ele não quer entrar na igreja, papai?

– Porque ele é um ladrão e deve se sentir culpado, com medo de entrar ali.

– Ué, por quê? É só um lugar!

Exatamente.

A senha de Luca

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 15 comentários

Entrei com Luca em um site infantil que exigia cadastro. Assim, com o pequeno ao meu lado, preenchi o campo de "usuário" e, virando-me para ele, perguntei:

– E qual vai ser sua senha?

– Hein?

– Você precisa escolher uma senha.

– Pra quê?

– Pra que possa entrar no site de novo depois. Com a senha, só você pode entrar com seu nome.

– Ah, tá.

– E qual vai ser sua senha, então?

– …

– Tem que ser alguma coisa fácil pra lembrar depois.

E ao ouvir isso, ele imediatamente escolheu sua senha:

– Jota.

Casinhos dos filhotes

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 10 comentários

Quando saíamos do cinema, hoje à tarde, comentei com Luca:

– Viu? Você estava preocupado, achando que ia chover, mas olha o calor que está fazendo.

– Então é porque vai chover mesmo.

– Como assim?

– Ué, o sol vai puxar a água, vai formar as nuvens e aí… aí vai cair um pé da água!


Aliás, outro dia o pequeno comentou do nada:

– O céu às vezes tem uns fenômenos esquisitos, né, papai?

E eu, sem prestar muita atenção: – É…

Ele permaneceu alguns segundos calado, pensando, e completou:

– Às vezes, quando eu não tenho nada para dizer, eu falo umas bobagens, né?


Enquanto isso, Nina vem desenvolvendo seu vocabulário de maneira rápida. Basta fazer alguma brincadeira com a baixinha, por exemplo, para que ela exclame "Má-tchi!" ("Mais!"). Além disso, quando mexe em algo proibido e ouve um "Não mexe!", ela imediatamente repete "Não mé…tsi!" – arrematando a frase com um sorriso maroto enquanto continua a fazer aquilo que havíamos proibido. E o mais bonitinho é que já começou a formar pequenas frases: quando vai sair, por exemplo, acena e diz "Táu, táu, papai!" – e hoje, ao derrubar meu iPhone no chão, olhou para mim com uma carinha de susto e explicou: "Oh! Queiu, papai!".

Mordo muito.

Mais desenhos do baixinho

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 19 comentários

Para quem se interessar, hoje Luca fez mais dois desenhos que me deixaram orgulhoso do pequeno – ambos de personagens de A Era do Gelo. (Aqui e aqui.)

Pequeno Príncipe Desenhista

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 40 comentários

Hoje Luca fez um desenho que me impressionou, já que, com apenas 6 anos de idade, ele vem demonstrando uma atenção para o detalhe que me chama bastante a atenção, embora, como o pai, ele tenha uma preguiça imensa para colorir (clique para ampliar): 

Luca de Bergerac

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina | 24 comentários

Luca passou a tarde inteira conversando pelo telefone com um colega de escola (que chamarei de Christian), já que o garoto vem ligando de 10 em 10 minutos. O assunto cuja importância exige tantos telefonemas?

Garotas.

Sim, meu filho de seis anos de idade e seu amigo da mesma idade estão trocando confidências sobre suas musas. No entanto, o problema de "Christian" é um pouco mais grave: ele está apaixonado por uma menina mais velha, de 10 anos de idade.

– Ele até chorou no telefone, papai. – me contou Luca, num intervalo entre as conversas.

– Poxa, que triste, né, filho?

– Mas eu estou ajudando o "Christian".

– Ah, é? Como?

– Eu escrevi uma carta para ele mandar entregar pra menina, pedindo pra marcar um encontro. E falei que ele tinha 11 anos!

– Mas você acha que vai dar certo?

– Não. Quando ela vir o "Christian"… iiih!

(A carta é a coisa mais linda e inocente do mundo, mas prometi a Luca que não dividiria seu conteúdo com ninguém.)