Ninadas

Uma da manhã, Nina chega no escritório:

– Papai, faz “cosquinha” em mim?

– Minha filha, tá louca? Uma da manhã não é hora de cócegas, é hora de ir pra cama!

– Eu não quero ir pra cama.

– Mas filha…

– Eu não gosto da minha cama, ela é chata! (pausa) Dá vontade de quebrar ela!


Há alguns dias, fomos à Ri-Happy olhar brinquedos. De repente, a baixinha pega uma Barbie e se aproxima de uma vendedora:

– Moça, quanto é essa Barbie?

A atendente olhou divertida para a pequena cliente, pegou a caixa e verificou o preço.

– Setenta reais.

E Nina, estendendo os bracinhos para pegar a caixa de volta:

– Tá, eu vou levar.


Mais tarde, depois de conseguir arrastá-la para fora da loja a contragosto, perguntei:

– Bom, filhinha, você vai querer comprar presente para alguém?

– Vou. Pra “dindinha” do Luca.

– Ok. E o que você quer dar pra ela?

– Uma cobra.

Minha pequena psicopata.

 

postado em by Pablo Villaça em Luca & Nina

4 Respostas para Ninadas

Adicionar Comentário