Homens x Garotos

Gosto de Leonardo DiCaprio. Sempre gostei. Desde Gilbert Grape, considero-o um ator talentoso e versátil – e nem mesmo a superexposição provocada por Titanic mudou minha opinião ao seu respeito. Até hoje, aliás, só me senti realmente desapontado por uma de suas performances: aquela vista em O Homem da Máscara de Ferro (atribuo os problemas de seu fraco personagem em Gangues de Nova York ao roteiro, nao ao intérprete). Porém, ao ler a notícia de que DiCaprio provavelmente interpretará o protagonista da refilmagem de O Jogador, comecei a pensar sobre algo que, de modo geral, o limita como ator: sua aparência jovial. Ora, Axel Freed, o anti-herói do longa, representou uma das melhores atuações do fantástico James Caan – e um dos elementos mais marcantes do sujeito residia justamente em sua aparência desgastada, tensa, exausta. Em comparação, DiCaprio tem o rosto de um garoto inexperiente.

Claro que a composição do personagem e mesmo a maquiagem podem alterar isso, mas não pude deixar de comparar Caan a DiCaprio e constatar que o primeiro era um homem aos 32 anos, em O Poderoso Chefão, ao passo que o segundo, beirando os 37, parece cheirar a leite. Uma genética abençoada por um lado, mas que, por outro, talvez o atrapalhe consideravelmente como ator.

     

postado em by Pablo Villaça em Personalidades

15 Respostas para Homens x Garotos

Adicionar Comentário