Kirk e Spock, octogenários

Embora não possa ser considerado um trekkie, já que não assisti a muitos episódios da série clássica na TV, sou um fã declarado de Jornada nas Estrelas em sua encarnação cinematográfica – não tanto da “Nova Geração”, confesso, mas certamente da tripulação original da Enterprise. (Também gostei da versão de J.J. Abrams) O trio Spock-Kirk-McCoy, particularmente, sempre me fascinou através de sua dinâmica Razão-Impulso-Emoção, o que me fez desenvolver um grande carinho por seus intérpretes.

Pois esta semana, William Shatner e Leonard Nimoy se tornaram octogenários – o que não deixa de provocar um certo espanto, já que seus personagens permanecem cristalizados na memória cinematográfica coletiva como heróis joviais e repletos de energia. Bom, ao menos ainda os temos conosco, já que DeForest Kelley partiu para A Última Fronteira (aliás, sou um dos poucos admiradores do filme dirigido por Shatner) há inacreditáveis 12 anos, poucos meses antes de completar, ele próprio, as oito décadas de vida agora alcançadas por seus colegas de tripulação.

Vida longa e próspera a estes.

postado em by Pablo Villaça em Cinema

18 Respostas para Kirk e Spock, octogenários

Adicionar Comentário